Com dois PMs, Camamu tem banco explodido duas vezes em 48h e prefeita faz apelo ao governo

A prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, cobrou do governo estadual ações da Secretaria de Segurança Pública no município depois que o Banco do Brasil foi explodido duas vezes em menos de 48h no último final de semana.
Ioná se reuniu com o secretário das Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes, acompanhada por quatro vereadores do município,  além da presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Maria das Candeias Amaral Ramos, os representantes do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg), André Amaral e Abimael Carvalho, o secretário de Governo, Marcelo Hlavnicka, conhecido por Marcelo de Jura, e o diretor de Turismo, Cássio Silva.
“Camamu é a segunda maior cidade da região Baixo Sul da Bahia e nós só temos dois policiais. Reivindicamos aumentar o efetivo para no mínimo quatro policiais. Tivemos uma reunião na manhã desta terça-feira (5) na Secretaria de Segurança Pública (SSP) com o secretário em exercício, Ary Pereira. Também participaram o secretário Josias Gomes (Serin) e o deputado estadual Rosemberg Pinto”, relatou a prefeita.
A gestora disse ainda que levou o pleito ao comandante da Polícia Militar (PM), coronel Anselmo Brandão, que teria se mostrado “sensível” ao apelo.

 

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com) 
Foto: Divulgação
Fonte: Bocão News