Sindicato promove encontro das Câmaras de Entre Rios e Esplanada para debater empregabilidade junto a gerência da empresa responsável pela duplicação da BR 101

O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia – SINTPAV, realizou na tarde de hoje (13/12) na Câmara Municipal de Esplanada uma reunião envolvendo a empresa responsável pela obra da duplicação da BR 101, representantes dos Poderes Legislativos de Entre Rios e Esplanada, representantes do Poder Executivo de Esplanada, ONGs e Associações.
Estiveram presentes na reunião Vitor Costa e Jorge representando o Sintepav, Leandro Simões presidente da Câmara de Entre Rios, entre outros vereadores, o presidente da Câmara de Esplanada Adailton Mendes, os vereadores Marcos Pinheiro, Elder Santana, Marcos do Mulungu, André de Djalma, Alexandre Brito, Zelito Pimenta e Zé da Praia, o vice prefeito de Esplanada Djalma Brito, o secretário de administração Diolando Batista entre outros representantes de ONGs e associações que lutam por emprego.
O tema principal desse encontro foi empregabilidade, critério e a distribuição das vagas que vão surgir nas próximas etapas da duplicação da BR 101 e principalmente, como será gerenciado esse processo, quando a obra já tiver sendo executada no território de Entre Rios, no lote 02.
O Gerente da EMPA, Dr. Ricardo fez uma apresentação para os participantes, onde apontou um número de 419 pessoas no total atuando na obra, sendo que 235 são de Esplanada e 38 de Entre Rios.
Vitor Costa e Jorge do Sintepav chamaram à atenção para o diálogo entre a Câmara de Entre Rios junto as ONGs e as Associações, para que se chegue a um comum acordo de critérios para essa frente de empregos.
Os vereadores de Entre Rios se pronunciaram e cobraram a importância de um quantitativo relevante de mão obra para Entre Rios, quando o Lote 02 iniciar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Presidente do Legislativo da cidade vizinha Leandro Simões, falou da importância do debate junto a Empa, para chegar a uma solução sobre a geração de vagas para os profissionais da cidade de Entre Rios.
Tanto a Empa, quanto o Sindicato e as Câmaras Municipais vão estreitar essa aproximação para encontrar o equilíbrio no que se refere as vagas do Lote 01, sobre a manutenção dessa mão de obra e sobre a contratação para o Lote 02 que fica no território de Entre Rios.
O Dr. Ricardo da Empa se mostrou muito aberto para esse equilíbrio na geração de novas vagas, demostrado durante a reunião entre as autoridades dos dois municípios.
A próxima reunião ficou agendada para o dia 16 de janeiro na Câmara de Entre Rios.

 

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com) 
Fotos: Esplanada Agora