SSP-BA terá de explicar subnotificação de homicídios no Congresso

Os deputados federais de oposição ao PT na Bahia vão pedir a convocação do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, para que ele se explique, no Congresso Nacional, sobre os indícios de subnotificação nos casos de homicídios dolosos cometidos no estado a partir de 2014. As suspeitas de irregularidades na contabilização dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) foram apontadas em um relatório de auditoria, concluído em julho do ano passado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), cujo conteúdo foi revelado pela Satélite na edição de anteontem. 

Mobilização

 “Já estamos mobilizando nossa bancada aliada para que o chefe da SSP esclareça os indícios detectados pelo TCE na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados logo após o fim do recesso parlamentar, em fevereiro. Muito antes, vínhamos alertando sobre as evidências de maquiagem nos números da violência apresentados pelo governo de Rui Costa (PT)”, afirmou o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM).

Dados mascarados

Para Aleluia, os indícios mais fortes de subnotificação de CVLI na Bahia foram fornecidos ao TCE pelo Cdep, órgão que concentra as estatísticas da Polícia Civil. “Soa como fraude suprimir da conta homicídios dolosos no trânsito, os cometidos em presídios e os feminicídios, ou com indícios excludentes de ilicitude, além do quantidade crescente de mortes violentas a esclarecer”, concluiu o deputado democrata.

 

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com) 
Foto: Reprodução
Fonte: Correio