Legislativo esclarece nota divulgada pelo Sindicato, em que diz que a Câmara não votará nenhum projeto até a resolução entre executivo e entidade sindical.

No dia 12 de setembro, o SINDSERM publicou em sua rede social oficial uma nota com o título “MOÇÃO DE ELOGIO E CONVITE AOS SERVIDORES E VEREADORES DO MUNICÍPIO DE ESPLANADA”. A nota diz que o Sindicato vem a público elogiar a todos ou melhor a cada servidor e servidora, que mesmo tendo sido, por força maior, alterado o horário, da nossa reunião na Câmara de Vereadores, compareceram para solicitar o apoio político dos vereadores, nossos representantes legislativos, na implantação do nosso tão sonhado plano de cargos e salários.
Já em seu segundo parágrafo diz: “Outrossim, a Entidade Sindical parabeniza o apoio incondicional firmado com cada vereador e com o Presidente da Câmara, quando declararam que apoiariam essa bandeira e que NÃO VOTARIAM NENHUM PROJETO, até que o Prefeito Municipal resolvesse, se vai implantar o atual plano de cargos e salários ou enviará novo Projeto de Lei à Câmara, com vigência a partir de 1º de maio” O sindicato finaliza, convidando os servidores para uma reunião que acontecerá hoje (14/09) às 13h na Câmara Municipal.
Abaixo a publicação feita no perfil do Sindicato.

COM A PALAVRA A CÂMARA MUNICIPAL:

Já o Presidente do Legislativo, disse a redação do Esplanada Agora na manhã de hoje (14/09), que a Câmara Municipal não pode trancar sua pauta em nenhuma condição, uma vez que não existe lastro legal para isso. Em solidariedade à alguns vereadores na sessão do dia 11/09, suspendemos a votação do projeto de número 30/2017, naquela sessão, mas não podemos parar os trabalhos da Câmara. Inclusive, na próxima sessão, os trâmites legais vão seguir o seu curso normal, uma vez que temos a obrigação de votar em tempo hábil o PPA e a LDO. E fazemos isso dentro do que determina o regimento interno da casa amparado na lei. Estaríamos sendo, no mínimo, negligentes com o regimento interno e com todo rito que a casa tem para o fluxo das matérias que precisam ser discutidas e votadas nas sessões. Temos muita sensibilidade a qualquer causa que traga melhoria para os servidores e a população de um modo geral, mas temos o dever de agir com muita responsabilidade. Afirmou Adailton Mendes, Presidente da Câmara Municipal.

 

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com)
Fotos: Ascom Câmara Municipal de Esplanada