ESPLANADA: Sindicato muda o tom e procura apoio do legislativo e do executivo para dialogar sobre temas de relevância para os servidores.

Depois dos diversos desgastes ocasionados pelas abordagens capitaneadas pelo sindicato dos servidores com a questão do plano de cargos e salários, que acabou culminando recentemente com a suspensão do repasse da prefeitura a instituição em virtude da falta do registro sindical, o sindicato acena com uma bandeira branca, depois de uma reunião realizada nessa quarta (11/10) com o Presidente do Legislativo Municipal Adailton Mendes e uma outra no mesmo dia com o Procurador Geral do Município Dr. Ricardo Marcolin, para reorganizar as tratativas entre os temas que envolvem os servidores municipais.
A entidade emitiu uma “nota de esclarecimento”, onde o sindicato esclarece alguns pontos sobre a situação do registro sindical, tema que gerou os entraves em relação ao repasse. Leia a nota na íntegra.
NOTA DE ESCLARECIMENTO
“SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE ESPLANADA – SINDSERME, informa a todos os servidores e a comunidade de Esplanada, que desde 24.08.1989, data de sua fundação, atua como entidade sindical, sendo legitimada pelos servidores e povo esplanadense. Contudo, apenas no ano de 2014, houve protocolo de registro da entidade sindical, no Ministério do Trabalho, vez que entendíamos que o maior reconhecimento de uma entidade é o apoio da categoria, não se preocupando para outros aspectos até então. Informa, ainda, a que entidade sindical é devidamente inscrita na Receita Federal do Brasil e tendo o seu estatuto registrado no cartório de pessoa jurídica de Esplanada, também tem conta bancária aberta no Banco do Brasil em nome do Sindicato, acrescido da titularidade de contas de água, energia e telefone, não podendo esquecer, que no ano de 2013 adquiriu sua sede própria, hoje com total estrutura administrativa, tais como: dois computadores, sala de reunião, recepção, sala de atendimento jurídico, veículos, dentre outros. Nessa manhã, 11.10.17, nos reunimos com o Presidente da Câmara Municipal, onde demonstrou total apoio a luta dos servidores, porém salientando que a Entidade Sindical e Poder Executivo, deveria buscar o equilíbrio a fim de adequar os pleitos da categoria as demandas financeiras do Município. Nessa mesma data, reunimos com o Procurador Geral do Município, onde formulamos pedido de reconsideração sobre a suspensão das mensalidades sindical, bem como cobramos retorno sobre o plano de cargos e salários dos servidores (tanto servidores em geral, quanto educação). Independentemente da situação do registro sindical, o SINDSERME não deixará de ser o SINDSERME, pois esse é patrimônio material e imaterial dos servidores municipais.
Portanto, a luta continua, plano de cargos e salários Já! SINDSERME”
O Presidente do Legislativo Adailton Mendes, disse que a Câmara está sempre aberta para todo e qualquer assunto que seja de interesse popular. “Recebi uma ligação da presidente do sindicato ontem (10/10) solicitando uma reunião para pedir apoio dessa casa com as tratativas junto ao Executivo, respeitando os limites da legalidade de cada poder. A reunião foi muito amistosa e acredito que o ambiente de diálogo respeitador foi iniciado, agora é aguardar o parecer do executivo! Afirmou o presidente.
 
Da Redação: (esplanadagora@gmail.com) 
Foto: Sindserm