Mais de um milhão de baianos terão direito ao saque do FGTS, aponta pesquisa

Os mais de 1 milhão de baianos que terão acesso a esse dinheiro poderão sacar até R$ 986.050 milhões.
A notícia de que o governo liberou o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas inativas até 2015 – que deixaram de receber depósitos devido à rescisão do contrato de trabalho – deixou muita gente animada. Uma pesquisa divulgada pela ONG Instituto Fundo Devido ao Trabalhador (IFDT) afirma que 1.137.950 trabalhadores baianos terão direito a sacar  esses recursos.
De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o trabalhador poderá sacar os valores depositados em todas as contas cujo contrato de trabalho foi extinto até 31 de dezembro de 2015. Na Bahia, o montante de recursos que poderá ser sacado pelos mais de um milhão de trabalhadores é de R$ 986.050 milhões. O período para efetuar esse saque vai de 13 de março a 31 de julho de 2017. De acordo com a pesquisa, serão sacados uma média de R$ 197.210 milhões por mês, entre março e julho.   
O cronograma de saques deve ser divulgado, no mês que vem, pela Caixa Econômica Federal, assim como os locais em que os recursos poderão ser retirados. O trabalhador pode saber se sua conta está inativa consultando o seu extrato e verificando se a data de afastamento é anterior a 31 de dezembro de 2015.
A notícia de que o governo liberou o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de contas inativas até 2015 – que deixaram de receber depósitos devido à rescisão do contrato de trabalho – deixou muita gente animada. Uma pesquisa divulgada pela ONG Instituto Fundo Devido ao Trabalhador (IFDT) afirma que 1.137.950 trabalhadores baianos terão direito a sacar  esses recursos.
De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o trabalhador poderá sacar os valores depositados em todas as contas cujo contrato de trabalho foi extinto até 31 de dezembro de 2015. Na Bahia, o montante de recursos que poderá ser sacado pelos mais de um milhão de trabalhadores é de R$ 986.050 milhões. O período para efetuar esse saque vai de 13 de março a 31 de julho de 2017. De acordo com a pesquisa, serão sacados uma média de R$ 197.210 milhões por mês, entre março e julho.   
O cronograma de saques deve ser divulgado, no mês que vem, pela Caixa Econômica Federal, assim como os locais em que os recursos poderão ser retirados. O trabalhador pode saber se sua conta está inativa consultando o seu extrato e verificando se a data de afastamento é anterior a 31 de dezembro de 2015.

_______________________________________________________________________________________________________

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com)
Fotos: Divulgação
Fonte: Correio 24h