Senado recusou projeto que obrigava uso de coletes salva-vidas em lanchas

Senador baiano Otto Alencar (PSD) foi autor do parecer pela rejeição da proposta: “Vai da vontade de cada um usar ou não”, disse baiano.
Com parecer pela rejeição do senador baiano Otto Alencar (PSD), o Senado Federal recusou e arquivou um projeto de lei, que tramitava desde 2012, e obrigava o uso de coletes salva-vidas em passageiros de embarcações abertas, como escunas e lanchas como a que naufragou na Bahia e deixou 18 mortos, manhã desta quinta-feira (24).
“Vai da vontade de cada um usar ou não, você não pode obrigar”, justificou Otto, que foi o autor da parecer, em entrevista ao site BBC Brasil.
A Marinha coloca os coletes entre os itens de segurança obrigatórios desses veículos, mas não impõe que eles sejam usados durante a navegação.

 

Da Redação: (esplanadagora@gmail.com)
Foto: Divulgação
Fonte: Bahia.ba