Bahia lidera taxa de desemprego no país

A Bahia registrou a maior taxa de desemprego do país, nos últimos meses de abril, maio e junho. No segundo trimestre do ano, a desocupação no estado alcançou 12,7% da força de trabalho. O índice é bem superior à média nacional, de 8,3% –  a maior da série histórica da Pnad Continua. A pesquisa é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desde 2012.

O estado também apresentou o maior índice nacional de desemprego entre as mulheres: 15,3%. O percentual revela um crescimento em relação ao  segundo trimestre de 2014, quando o índice apurado entre as mulheres baianas foi de 11,7%.

Segundo o IBGE, os  setores que mais desempregaram no segundo trimestre  na Bahia, em relação ao mesmo período no ano passado,  foram: o segmento da  agricultura, pecuária e pesca, com menos 41 mil postos disponíveis, numa retração de 3,3%; seguido da construção civil, com menos 33 mil empregos e retração de 5,7%; e, o ramo de logística, com 12 mil postos a menos  e variação negativa de 4,2%.