Copener: Comitê Comunitário de Segurança participa de ação pelo Dia da Árvore

Uma ação prática e efetiva de proteção às florestas foi a forma que a BSC/Copener escolheu para marcar a comemoração pelo Dia da Árvore, em 21 de setembro, na empresa: os integrantes do Comitê Comunitários de Segurança Florestal (CCSF) participaram de uma visita ao Núcleo Ecossocial da BSC/Copener (Neco), em Inhambupe, onde conheceram a Casa da Árvore, fizeram a trilha ecológica e assistiram a uma palestra com demonstrações de equipamentos e técnicas de combate a incêndio florestal. A ação foi coordenada pela equipe de Segurança Patrimonial que, este ano, assumiu a responsabilidade pelas atividades de prevenção e controle de incêndios florestais nas áreas da empresa. O encontro contou com a presença de 25 pessoas, entre lideranças comunitárias, representantes das polícias civil, militar e federal e colaboradores da BSC/Copener.
De acordo com Douglas Pithon, gerente de Segurança Patrimonial da BSC/Copener, a empresa aprimorou suas técnicas, inclusive com a adoção de novos equipamentos, mas continua valorizando a experiência dos antigos profissionais da empresa que atuam há dezenas de anos no combate ao fogo nas áreas de florestas plantadas e nativas da empresa. “Este é um elo fundamental: os novos equipamentos e a longa experiência destes colegas para que nosso trabalho seja realizado de forma mais efetiva”, destacou.
Jovino Pereira Neto, agente da Polícia Federal com formação em engenharia agronômica e perito em investigação de incêndios florestais, destacou a decisão acertada da BSC/Copener em deixar a cargo da equipe de Segurança Patrimonial. “Incêndio e segurança pública estão relacionados entre si. Primeiro porque se os incêndios são criminosos, cabe uma investigação para combate à prática delituosa. Por outro lado, a instituição Corpo de Bombeiros também está diretamente relacionada com o combate aos incêndios”. Jovino ofereceu aos participantes para participar de um treinamento em perícia de investigação de incêndios florestais. Ele ressaltou estamos no passo certo tonar segurança pública uma obrigação de todos, não só das policias e das autoridades.
Esplanada Agora – informação na medida certa