Dona de distribuidora é presa por trocar rótulo de cerveja barata por mais cara na Bahia

Em depósito, foram descobertas máquinas que trocavam tampa da bebida.
A dona de uma distribuidora de bebidas, Ana Lúcia Pereira Rocha, de 46 anos, e um funcionário, Tiago Soares dos Santos, 25 anos, foram presos na manhã desta quarta-feira (19) em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, acusados de alterar rótulos de cerveja para revenda na cidade.
O ajudante estava dirigindo em alta velocidade em uma moto sem placa e acabou sendo seguido por policiais militares até um depósito. No local, a polícia descobriu que os rótulos de cervejas da marca Glacial eram trocados por outros da Skol e da Brahma. As tampas das garrafas também eram trocadas – duas máquinas que destampavam e tampavam foram apreendidas no local.
Segundo o delegado Leonardo de Almeida Mendes Junior, titular da delegacia da cidade, a intenção era superfaturar o produto no momento da venda. “Eles colocavam rótulos de cervejas mais procuradas, muitas vezes mais caras, e revendiam, quando na verdade se tratava de outra (marca)”. A polícia ainda vai investigar se havia adulteração na própria bebida.
O delegado diz ainda que a empresária era investigada há pelo menos seis meses, mas a polícia ainda não havia chegado ao local onde a adulteração acontecia. A estimativa é de que a empresária teria lucrado R$ 10 mil por semana com o esquema.
Os dois suspeitos seguem na delegacia da cidade. Também foram encaminhados para unidade a moto apreendida, além de 200 caixas de cerveja, as duas máquinas de retirada de tampa, várias tampas e rótulos de bebidas e 100 maços de cigarros.

Esplanada Agora – Informação na medida certa.