Esplanada: operação policial culmina em prisão e apreensão de armas e drogas no Povoado do Mulungu

Cerca de 20 policiais civis de Alagoinhas, Esplanada e Acajutiba realizaram nesta quarta-feira (21/09) uma operação denominada Operação Antídoto que consistiu em cumprir o mandado de prisão preventiva em desfavor de Abílio da Conceição, bem como localizar e prender os indivíduos que evadiram de um presídio no Estado de Sergipe e que segundo informações estão homiziados neste município.  Os Mesmos  são responsáveis pelos crimes contra a vida que vêm ocorrendo em Esplanada.
De acordo com a polícia, inicialmente foram realizadas diligências na comunidade da Cidade de Deus, onde foram feitas abordagens nos pontos mais críticos. Durante a diligência, a polícia foi informada que o foragido do estado de Sergipe Jailson Jesus de Souza, vulgo “Fumaça” e Abílio Conceição de Oliveira se encontravam numa residência situada no Povoado do Mulungu.
Ao se deslocarem até o local, os policiais localizaram um imóvel onde residia Diego Oliveira Moreira e sua namorada Camila Santos de Jesus. Na ação, Diego efetuou disparos de arma de fogo contra a equipe conseguindo fugir. No imóvel, encontravam-se Camila Santos de Jesus, Cassiane dos Santos Bispo e Raul Santos de Jesus. Ainda na residência, a policia encontrou uma arma de fogo tipo pistola, cal 9 mm, Bul Cherokee; 17 munições intactas, uma caminhonete Ford/Ecosport usadas no tráfico, duas motocicletas, sendo encontrados no interior do veículo 50 sacolés de maconha. Durante a apreensão Raul Santos foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Também foram encontrados no imóvel 1.540 pedras de crack, 160 sacolés de maconha, 24g de pedras de crack soltas, 29g de crack em pó e 05 álbuns de fotografia.
Após a operação, foi lavrado o auto de prisão em flagrante com base no Art 16 da Lei 10826/03, expedidas guias periciais para as drogas, arma de fogo, munições, veículos e documentos apreendidos instaurado inquérito policial para apurar a prática do crime de tráfico ilícito de entorpecente atribuído a Diego Oliveira Moreira.
Esplanada Agora Informação na medida certa.]