ESPLANADA: Prefeitura entrega motos para agilizar o trabalho dos agentes da VIEP

A Prefeitura de Esplanada através da Secretaria Municipal de Saúde entregou hoje, 19/08, duas motocicletas a equipe da Vigilância Epidemiológica da Município – VIEP. Essas motocicletas irão ajudar muito os agentes de combate a endemias no que se refere a deslocamento e agilidade para as localidades de atendimento, tendo em vista que o município territorialmente é muito extenso com aproximadamente 1.297,978 km2 e com uma população próxima dos 36 mil habitantes, (fonte IBGE) e esses veículos facilitarão muito o trabalho dos agentes, afirmou a secretaria de saúde, Jusseli Araújo.

IMG-20160819-WA0151 (1)20160819_091824

AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS
Vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para buscar focos endêmicos. Inspeção cuidadosa de caixas d’água, calhas e telhados. Aplicação de larvicidas e inseticidas. Orientações quanto à prevenção e tratamento de doenças infecciosas. Recenseamento de animais. Essas atividades são fundamentais para prevenir e controlar doenças como dengue, chagas, leishmaniose e malária e fazem parte das atribuições do agente de combate de endemias (ACE), um trabalhador de nível médio que teve suas atividades regulamentadas em 2006, mas que ainda tem muito o que conquistar, especialmente no que diz respeito à formação.
Assim como os agentes comunitários de saúde (ACS), os ACEs trabalham em contato direto com a população e sabemos que um componente importante é o envolvimento da comunidade no controle do mosquito transmissor. Tanto o ACS como o ACE, trabalhando diretamente com a comunidade, são atores importantes para a obtenção de resultados positivos.
O ACE é um profissional fundamental para o controle de endemias e deve trabalhar de forma integrada às equipes de atenção básica na Estratégia Saúde da Família, participando das reuniões e trabalhando sempre em parceria com o ACS. “Além disso, o agente de endemias pode contribuir para promover uma integração entre as vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental . Como está em contato permanente com a comunidade onde trabalha, ele conhece os principais problemas da região e pode envolver a população na busca da solução dessas questões.

Esplanada Agora – Informação na medida certa.