“Essa reforma da previdência é para prejudicar o trabalhador”, dispara Bacelar

A reforma da previdência tem gerado preocupação em boa parte dos empregados do setor privado e também de servidores públicos. As novas regras ainda não foram oficialmente apresentadas, mas devem atingir todos os trabalhadores ativos. A expectativa é que a proposta seja enviada a Câmara Federal ainda esse mês.
Em entrevista ao Informe Baiano, o presidente estadual do Partido Trabalhista Nacional, deputado federal Bacelar, afirmou que a iniciativa vai atingir as pessoas mais pobres.
“Os recursos da previdência já serão diminuídos. Isso vai levar que o déficit da previdência aumente cada vez mais e é, novamente, uma reforma para prejudicar o trabalhador. Querem aumentar a idade para a aposentadoria, querem diminuir o valor da aposentadoria, mas não cobram das grandes empresas que devem bilhões e bilhões a previdência porque são essas as grandes empresas parceiras do golpe”, afirmou.
O rombo da previdência em 2016 chegou a R$ 149,2 bilhões. Atualmente, no setor privado, os homens se aposentam ao completar 35 anos de contribuição. Já as mulheres, 30.

Esplanada Agora – Informação na medida certa.