Major diz que vai abrir sindicância para apurar caso de jovem agredido por PMs

O incidente envolvendo um esplanadense e a Polícia Militar na Barra do Itariri, região praiana do município de Conde no último fim de semana, continua dando o que falar. Após o ocorrido, os meios de comunicação foram bombardeados por severas críticas da parte do prefeito de Esplanada Rodrigo de Castro Lima que não mediu palavras na hora de acusar a polícia, denominando-os de “bandidos fardados”.
Durante a entrevista com o Esplanadagora, o gestor afirmou que o ex -comandante do 3º Pelotão de Polícia Militar do município, Sargento Gilson Cruz, vem interferindo diretamente na polícia local através do subcomando exercido por nada mais nada menos que seu sobrinho, o subcomandante Cléber Cruz.
O imbróglio começou depois que o instrutor de Ed. física da academia do Complexo da Pompeia Mailson Araújo (25) denunciou ter sofrido agressão do ex-comandante e mais outro policial no local citado. Veja a matéria completa.
Nesta quarta-feira (09/09), o comandante da 56ª CIPM, Major João Himério negou qualquer conivência referente à situação e disse que estará abrido uma sindicância para apurar o caso. “Para isso, é necessário que a vítima se dirija até a Companhia e registre a ocorrência”. Declarou o Major. Ainda de acordo com o comandante, havendo a constatação do fato, todas as medidas cabíveis serão imediatamente tomadas.
major2