Novo vírus ataca iPhones e iPads desbloqueados

A empresa de segurança americana Palo Alto Networks informou que uma nova família de vírus, batizada de “KeyRaider”, atingiu pelo menos 225.000 usuários de iPhones e iPads que fizeram o jailbreak, sistema de desbloqueio para instalar aplicativos não aprovados pela Apple. “Este é o maior roubo conhecido de contas da Apple por um vírus”, diz a empresa.
A investigação foi realizada em conjunto com o WeipTech, grupo que reúne fãs da Apple na China. “O KeyRaider conseguiu roubar mais de 225.000 contas válidas da Apple com suas senhas”, indica o resumo da investigação. As contas foram armazenadas em um servidor, bem como “milhares de certificados, chaves privadas e pedidos de compra”. O vírus intercepta comunicações do dispositivo com o iTunes, a loja on-line de música da Apple, depois rouba e compartilha informações de compras, desativando a função de desbloqueio local ou remoto do iPhone ou iPad.
Algumas vítimas observaram compras anormais e outras descobriram que hackers estavam exigindo um resgate em troca do desbloqueio do telefone. A Palo Alto Research estima que tenham sido afetados usuários de 18 países, incluindo Espanha, China, França, Reino Unido, Estados Unidos e Israel. A Apple não comentou o caso. (Veja)

iphone