Prefeito assina termo de adesão para implantação do SEMAF em Esplanada

 

Foi realizada nesta quinta-feira (27/08,) a cerimônia de inauguração da sede do SETAF do Território de Identidade do Litoral Norte e Agreste Baiano sediado na cidade de Alagoinhas.

O SETAF que tem como objetivo principal, promover a  articulação de políticas públicas para a agricultura familiar, além da inclusão produtiva dos agricultores familiares baianos, beneficiará uma média de 36 mil agricultores.

Em conjunto com demais gestores da região do litoral norte da Bahia, o prefeito de Esplanada Rodrigo de Dedé (PTN) assinou um termo de adesão em prol da implantação do Serviço Municipal de Apoio a Agricultura Familiar -SEMAF no município.

De acordo com o chefe do executivo, após a extinção precipitada da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola – EBDA no município esplanadense, a implantação de uma sede do SETAF na região terá uma grande contribuição para o desenvolvimento da agricultura familiar.
“É de grande importância a implantação do SETAF aqui no Litoral Norte, tendo em vista que nossa região é responsável por boa parte do que é produzido no Estado. Esplanada será o primeiro município do território a aderir ao serviço, ajudando o agricultor familiar, o pequeno e médio produtor rural em suas atividades e contribuindo com a expansão e desenvolvimento de nossa agricultura”. Explanou o alcaide.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, os dois Serviços atuarão de forma integrada com oferta de assistência técnica e extensão rural, regularização fundiária e estruturação produtiva de assentamentos rurais, disponibilização de insumos produtivos (seguro, sementes, água, mudas, entre outros), implantação de infraestrutura rural (habitação, água, equipamentos públicos etc), além do apoio para acesso ao mercado tradicional e institucional, e implantação de agroindústrias familiares.“As ações deverão ser executadas de forma dinâmica, célere, com acompanhamento e avaliação de técnicos dos diversos projetos e organismos do governo estadual, proporcionando uma interação permanente entre o estado e a população rural”.Finalizou.

Por Manuela Chagas

Imagens:Ascom/PME

rodrigo