Secult está sendo duplamente afetada com a crise, diz Jorge Portugal

O secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, falou, na manhã desta quinta-feira (15), da crise econômica e política que atinge o País. De acordo com o gestor, a pasta de Cultura tem sido “duplamente afetada” com a situação econômica do Brasil. “A crise econômica afeta violentamente todos os setores, como a área da cultura costuma ter menos percentual de recursos está sendo duplamente afetada”, disse. “A gente está até bem porque tem duas linhas de fomento: o Faz Cultura e o Fundo de Cultura. Mas se me pedirem mil reais para um grupo de cultura popular como investimento direto, eu não tenho.Como secretário de orçamento para investimento, sou um mendigo.Como gestor de duas linhas de fomento, sou milionário”, analisou.
Participante desde a primeira edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), Jorge Portugal está neste ano no evento pela primeira vez como secretário da Cultura. “Foi o que teve de melhor a abertura da festa ontem. Antonio Torres deixou as pessoas com olhos irradiados. Colocou a plateia, no melhor sentido, no bolso”, contou.