Seis secretários de Rui podem cair com reforma, diz jornal

Seis secretários estariam na berlinda na administração do governador Rui Costa após oito meses de gestão. O petista já teria demonstrado seu interesse em fazer uma reforma em julho, mas foi convencido a segurar um pouco mais. O motivo seria o rendimento abaixo do esperado. A informação é do jornal Tribuna da Bahia, que lista os seguintes secretários que poderiam deixar o governo em uma reforma administrativa que pode sair ainda esse ano:

Álvaro Gomes, secretário do Trabalho, Emprego e Renda; Nelson Pelegrino, do Turismo; Paulo Câmera, da Agricultura; o vice-governador João Leão, do Planejamento; Edelvino Góes, da Administração; e Osvaldo Barreto, da Educação.

Na lista oposta, dos bem avaliados pelo governador Rui Costa estão Maurício Barbosa, da Segurança Pública; Fábio Vilas Boas, da Saúde; Marcos Cavalcanti, da Infraestrutura; André Curvelo, da Comunicação; e Jorge Portugal, da Cultura.