Servidores não recadastrados devem preencher formulário para não perderem salários

Os servidores ativos do Estado que não se recadastraram até a última segunda-feira (12) devem procurar o quanto antes a Coordenação de Recursos Humanos do órgão a que pertencem para evitar a suspensão também dos próximos salários.
Em nota, a Secretaria da Administração (Saeb) defendeu que o prazo foi calculado para que houvesse tempo hábil de se manter na folha de pagamento vigente. Uma vez no RH, a atualização dos dados funcionais, a partir de agora, é feita presencialmente, de forma manual. Após o processo, os servidores precisarão aguardar a análise das áreas competentes, que decidirão se haverá a regularização dos vencimentos ou, em caso de necessidade, a abertura de processo administrativo. Dentre os cerca de 30 mil servidores envolvidos na segunda fase do recadastramento de ativos, 255 deixaram de se recadastrar. A lista está disponível no Portal do Servidor. (BN)

rec