Salvador receberá dois milhões de turistas no verão

Fluxo de turistas vai crescer 10% na próxima alta temporada, aponta estimativa da Secretaria Municipal de Cultura e Lazer.
Salvador vai receber 2,09 milhões de turistas nesse Verão, um aumento de 10% em relação ao ano passado, segundo a estimativa da Secretaria Municipal de Cultura e Lazer (Secult). Com novos equipamentos na cidade, os eventos de atração de turistas e a retomada da economia, a ocupação hoteleira deve chegar a 82% entre o Natal e o Carnaval. Para o Réveillon, 60% dos leitos na capital baiana já estão reservados, o que representa um aumento de 30% para este período – a quase dois meses do evento -, de acordo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (Abih-BA).
A expectativa de crescimento  de até 12% na ocupação hoteleira para o Verão deste ano é, de acordo com a Abih-BA, consequência da requalificação dos espaços turísticos da capital baiana. “Temos conversado com diversos operadores e agentes de viagens e percebemos que essa procura já está maior do que no ano passado”, observa o presidente da Abih-BA, Glicério Lemos. “Salvador melhorou, tem novos equipamentos turísticos e outros pontos foram requalificados. Hoje, temos uma cidade melhor preparada para nós moradores e estamos consequentemente atraindo novos turistas”, completa.
Outra ação que tem contribuído para a captação de turistas é a realização de Road Show (um tipo de exposição itinerante), promovido pela Abih-BA em parceria com a Secult, nos principais polos emissores de turistas, como as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Ribeirão Preto e Campinas (as duas últimas no interior do estado de São Paulo).
“Com esses eventos, conseguimos divulgar a cidade para agências e operadores de viagens, que são os responsáveis por indicar Salvador como destino”, pontua o secretário municipal de Cultura e Lazer, Érico Mendonça. Mais de 400 operadores e agentes de turismo participaram destes eventos, que aconteceram entre setembro e outubro.
Furdunço
A inovação do Carnaval, com a realização de eventos como o Fuzuê e o Furdunço, assim como a consolidação do Réveillon de Salvador e sua divulgação antecipada ainda no primeiro semestre foram outros fatores listados pelo secretário Érico  Mendonça para garantir os bons números para o Verão. Para o fim do ano, a expectativa da Abih é que a ocupação chegue novamente a 100%, como aconteceu no Réveillon passado.
Ainda com o objetivo de estimular a vinda de turistas para a capital baiana, a Abih-BA irá promover no mês de novembro, nos dias 8 e 9, o Fórum Baiano de Hotelaria e Turismo. O evento, que acontece no Sheraton da Bahia, prevê a realização do Fun Show Salvador, que reunirá mais de 300 operadores e agentes de viagens de diversos países da Europa e América Latina.
Além de discutir as tendências do setor com foco no crescimento econômico do país, o fórum também sediará a Feira de Equipamentos, Produtos e Serviços Abih – Bahia. Está prevista ainda a realização de uma rodada de negócios, sob coordenação do Sebrae, voltada para 35 operadores nacionais e internacionais, além de hoteleiro.
Retorno
E já tem visitante que conheceu Salvador no Verão passado e decidiu voltar para passar mais tempo na cidade, como o turista norte-americano Roryck Sorensen,  38 anos. “Eu vim no último Carnaval e gostei bastante, mas não consegui ver tudo o que queria porque não tinha muito tempo”. Por isso, Sorensen está planejando chegar um pouco antes do Carnaval para se hospedar por semanas na cidade. “Estar no Pelourinho foi a melhor parte e quero muito voltar lá”, conta.
Assim como Sorensen, outros visitantes de lazer são esperados para salvar o ano da hotelaria, que teve o desempenho prejudicado com o fechamento do Centro de Convenções. O estudante de Medicina Luiz Felipe Savignon já comprou as passagens.
“É a terceira vez que vou para o Carnaval e a 6ª vez que volto a Salvador por conta das festas”. O carioca vai permanecer na cidade entre os dias 22 de fevereiro e 5 de março. “Durante o Carnaval, vou ficar na casa de amigos, mas para a ressaca, reservei um hotel em Morro de São Paulo”.
O estudante Assis Francisco vem de Recife e é mais um que volta a Salvador. “Até o Carnaval de 2016, eu não conhecia a cidade, mas  a energia da festa é muito boa”, diz. “Passei o Carnaval em outros lugares,  mas o de Salvador, sem dúvidas, é o melhor de todos”.
Assis garantiu os abadás para sair com Ivete Sangalo e a Timbalada, mas ainda estava pesquisando por passagens aéreas com um preço mais em conta. “Antes só estava encontrando passagem por R$ 1 mil. Hoje tive uma grata surpresa porque encontrei por R$ 400. Aí tive que correr para comprar”.
*Colaborou Lidenilson Marinho, integrante da 11ª turma Jornalismo de Futuro.

Esplanada Agora – Informação na medida certa.