Politica

Inauguração do Centro de Convenções repercutiu em todo Brasil, garante secretário

Para Cláudio Tinoco, a promoção do equipamento é o principal nesse momento

O Centro de Convenções foi inaugurado neste domingo (26), em evento aberto ao público, com diversas atrações. Na última quinta-feira (23), o equipamento foi apresentado à imprensa e convidados em evento fechado.

Para o secretário de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, o novo equipamento ocupa lugar de protagonismo no cenário nacional. Ele aponta que o início das atividades foi repercutida em todo Brasil e que já pode ser sentida na alta estação.

“O impacto que vai ter agora é de imagem, de promoção e toda repercussão que está tendo no Brasil. Tivemos jornais de grande circulação, como por exemplo em Pernambuco que deu manchete, Caerá, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, ou seja, esse é um momento de promoção. Por isso, como verão é o grande momento do turismo em Salvador, nada melhor do que o Centro de Convenções estar aberto e inaugurado nesse momento”, destaca Tinoco ao Varela Notícias.

O secretário ainda detalha a importância dos principais eventos que já estão confirmados para acontecer no novo espaço

“O primeiro evento aqui vai ocorrer em março, uma feira Polishop. Em maio temos um grande congresso de hoteis, e uma feira chamada Equipotel, de implementos para hotelaria. No início do segundo semestre teremos a Super Bahia, uma feira Norte-Nordeste do setor supermercadista que vai movimentar muito o mercado atacadista. A bienal do livro em setembro, vai recepcionar cerca de 100 mil pessoas em 10 dias de feira.

E o Afropunk, um festival de cultura negra, um evento internacional que foi fundado em Nova Iorque e já foi realizado em Paris, Londres, Joannesburgo e pela primeira vez vai ser realizado na America do Sul. É um festival que vai despertar muito o interesse em Salvador e incentivar a economia criativa, o aspecto cultural e musical da cidade. Então já no primeiro ano temos eventos internacionais, nacionais e regionais importantes para a economia da cidade que serão realizados aqui”, conclui.

Da Redação do EA

(Por Matheus Calmon e Anderson Ramos VIA: CORREIO)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar