Esporte

Coronavírus afeta esporte mundial e causa impacto gigantesco

Eventos ao redor do mundo estão sendo adiados e até cancelados por pandemia

A pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, tem deixado milhares de infectados ao redor do mundo, com mais de 5 mil mortos. E as consequências já chegaram ao esporte. Grandes competições sofreram alguma alteração, desde a restrição de portões fechados até o adiamento e cancelamento.

No futebol, por exemplo, há mudanças em dezenas de torneios. Como nas Eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2022, na Liga dos Campeões, nas cinco principais ligas nacionais da Europa (Inglaterra, Alemanha, Itália, Espanha e França) e na Libertadores; todas tiveram partidas adiadas para datas ainda não definidas. Aqui no Brasil, estaduais como o Gaúcho, Mineiro e Paranaense e partidas nas capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo serão sem público.

O novo calendário esportivo, redesenhado pela pandemia, não se limita ao futebol. Na Fórmula 1, as quatro primeiras etapas foram desmarcadas. No surfe, todos os eventos de março, incluindo a abertura do Mundial, em Gold Coast, Austrália, foi cancelada.

Na corrida pela classificação à Olimpíada, 84% das modalidades – 42 de 50 – foram afetadas pelo coronavírus e não conseguiram ter, ainda, a definição dos atletas que participarão de Tóquio-2020. Incluindo o boxe, que teve o Pré-Olímpico cancelado. Assim, a baiana Beatriz Ferreira, campeã mundial, ainda não está classificada.

Os próprios Jogos estão em risco de adiamento, ainda que o Comitê Olímpico Internacional (COI) siga bancando que a data marcada, entre 24 de julho e 9 de agosto, será mantida.

Da Redação do EA

(Com Informações do CORREIO)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar