Entretenimento

Netinho diz que “pessoal LGBT vive pensando com o “fiofó” e que abandonou relações íntimas há 4 anos

Declarações foram dadas em entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro

31/07/2020

O cantor Netinho gravou uma entrevista com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A entrevista completa será exibida neste sábado (1º), mas trechos já foram divulgados.

No teaser, divulgado pelo próprio deputado, Netinho afirma que a comunidade LGBT poderia estar comandando o Brasil ao lado do presidente Jair Bolsonaro, caso não vivesse pensando “com o fiofó”.

“Ia ser maravilhoso, mas foram doutrinados a enxergar a vida pela lente do fiofó”, afirmou o cantor.

Nestes pedaços, Netinho fez uma série de declarações e revelações. Bisexual assumido, o dono do hit “Milla” afirmou que teve a “cabeça modificada” em 2016 e, desde então, não faz mais sexo: “decidi me abster de sexo. Não faço mais sexo na minha vida”.

Na entrevista o artista critica o carnaval de Salvador. Segundo ele, a festa virou uma “Sodoma e Gomorra” e famílias com filhos adolescentes não vem mais ao estado “pois vai ver homem se beijando com homem no meio da rua, abaixando o short para todo mundo ver”.

O artista revelou que em determinado momento chegou a procurar no Google maneiras de tirar a própria vida. O vídeo finaliza com um trecho em que Netinho diz que irá apoiar o presidente Jair Bolsonaro enquanto viver.

Da Redação do EA

(VIA: VN)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar