Politica

Rodrigo de Dedé promove ‘live’ com juventude de Esplanada

Além de apresentar propostas para a juventude, o pré-candidato lançou o ‘whatsapp’ do PGP para receber sugestões da população para montagem do Plano de Governo

20/08/2020

 Música, conversa e planos para a juventude. Assim foi o clima da live de ontem (19) promovida pelo pré-candidato a prefeito de Esplanada, Rodrigo de Dedé. Em uma transmissão diretamente da sua residência, Rodrigo apresentou propostas para a juventude esplanadenses, respondeu questionamentos e interagiu com os internautas, sob mediação de Eliel Ramos. Ainda durante a live, Rodrigo de Dedé lançou o Whatsapp com o número (75) 9992 6900, no qual a população poderá enviar sugestões e propostas para composição do Plano de Governo Participativo. 

De acordo com Rodrigo de Dedé, criar um grande plano de capacitação para os jovens de Esplanada, através de curso profissionalizante, superior e também na área tecnológica, é a principal alternativa para continuar incentivando e garantindo oportunidades. “Vamos viver o mundo pós pandemia com problemas econômicos e sociais e o grande desafio é manter os jovens sonhando. Precisamos atuar nas mais diversas frentes e incentivar os jovens a estudar, se capacitar e estar presente dentro do mundo acadêmico e tecnológico”, afirmou.

Rodrigo, e parte dos convidados presentes

Morador da sede, Márcio Dantas ressaltou a importância de um pré-candidato à prefeitura da cidade ouvir os anseios da juventude. “Hoje tivemos a oportunidade de ouvir as propostas do pré-candidato Rodrigo de Dedé para os jovens. Agradeço muito a disponibilidade de Rodrigo em nos ouvir, pois está na hora da juventude de Esplanada ter força e voz”, afirmou.

Com recorde de visualizações e mais de 400 comentários, a live atingiu moradores de diversas localidades de Esplanada, que interagiram enviando sugestões e propostas. Após transmissão, Rodrigo deu continuidade ao bate-papo com os jovens presentes, respeitando todas as normas de segurança recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Da Redação do EA

(VIA: Daniela Pereira)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar