Politica

Bruno Reis já gastou R$ 10 mil com impulsionamento

16/10/2020

Em 14 dias de campanha o candidato do Democratas, Bruno Reis, gastou R$ 10 mil em impulsionamento de publicações nas redes sociais. O valor foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 10 de outubro.

A candidata do PT, Major Denice Santiago também tem apostado na conversão de votos através das redes sociais. Denice gastou até o dia 7 de outubro (de acordo com registro do TSE), R$ 7 mil reais.

Pelo PCdoB, Olívia Santana declarou ter gasto até o dia 12 de outubro, R$ 2 mil em impulsionamento no Facebook. Já pelo Google, o gasto de R$ 2 mil engloba apenas os primeiros seis dias de campanha.

Candidato pelo Podemos, João Carlos Bacelar registrou um gasto de R$ 10 mil em impulsionamento pelo Facebook até o dia 08 de outubro e R$ 2 mil pelo Google.

Os outros candidatos não registraram gastos relativos a redes sociais até o momento. Pela lei eleitoral todos os canais digitais utilizados pelos candidatos devem ser informados à Justiça Eleitoral e hospedados em um provedor de internet localizado no Brasil.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar