Saúde

CORONAVÍRUS PODE AGRAVAR DISTÚRBIOS MENTAIS

12/01/2021

Além de ter causado milhões de mortes ao redor do planeta por sua condição agressiva ao trato respiratório e físico, a Covid-19 também gera preocupações na área de saúde mental. Inserida em um contexto de isolamento social, desemprego, perda de renda, morte de pessoas próximas e com medo de adoecer, a população mundial apresenta, de forma geral, aumento nos casos de ansiedade, depressão, estresse pós-traumático e até mesmo demência. Não bastasse isso, especialistas indicam que o próprio coronavírus pode penetrar no Sistema Nervoso Central (SNC) e causar distúrbios. Essa situação está sendo denominada de “quarta onda”.

“Há evidências de que o novo coronavírus pode penetrar no SNC através da via olfatória ou circulatória, bem como pode ter um impacto indireto no cérebro, devido à tempestade de citocinas (inflamação). Relatos mostram que os pacientes com Covid-19 podem apresentar manifestações neurológicas como doença cerebrovascular aguda (AVC), distúrbio da consciência, distúrbios do paladar e olfatório”, afirma o psiquiatra Lúcio Botelho, membro da Sociedade Internacional de ECT e Neuroestimulação (ISEN). Ele também é diretor-médico do mais antigo hospital psiquiátrico de Salvador, o Espaço Nelson Pires, e diretor-médico, idealizador e co-fundador da OMNI – Centro de Terapias Biológicas.

Essas alterações na consciência “costumam ocorrer durante a infecção, principalmente em pessoas vulneráveis, como idosos que já têm condição para desenvolver estado confusional”, explica o psiquiatra.

Da Redação do EA

(VIA: BN)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar