Politica

GOVERNO DA BAHIA FIRMA CONTRATO DE QUASE R$ 20 MILHÕES COM EMPRESÁRIO ENVOLVIDO EM POLÊMICA DE ASSÉDIO

29/03/20212

O governador Rui Costa (PT) firmou nesta quarta-feira (24) através da Secretaria de Saúde da Bahia dois contratos com a empresa Creta Comércio e Serviços LTDA no valor anual de R$ 10.249.611,00 e R$ 8.949.569,88 respectivamente.

A empresa ficará responsável, segundo publicação do Diário Oficial, pela “prestação de serviços de conservação e limpeza por posto de serviço em prédios públicos, nas quais funcionam unidades administrativas e de assistência à saúde”, ou seja, ligados à Secretaria de Saúde da Bahia.

O dono da Creta, Carlos Alberto Santana Gomes, foi denunciado em 2018 pelo Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública, Asseio, Conservação, Jardinagem e Controle de Pragas Intermunicipal (Sindilimp-BA) por ter agredido uma funcionária que cobrou seus direitos trabalhistas.

Na denúncia, segundo o Sindilimp, uma recepcionista afirmou que, após ter sido demitida e ter ido questionar sobre parcelas rescisórias que deveriam ser pagas, teve arremessado por Carlos Alberto um chaveiro, seguido de ameaça verbal: “disse que não sabia nem ao menos quem eu era e que iria me quebrar toda”, contou a recepcionista.

A trabalhadora em questão, junto com o jurídico do Sindilimp, registrou o crime de violência contra a mulher em uma delegacia de polícia de Lauro de Freitas. Também na ocasião, o sindicato informou o governo do estado sobre o caso e solicitou que empresas com registro de agressão contra mulheres não mais fossem contratadas pelo poder público.

Não existe nenhuma lei que proíba o Governo do Estado de firmar contratos com empresas envolvidas nesse tipo de polêmica, no entanto, a ação vai de encontro com a política de proteção aos direitos dos trabalhadores e das mulheres, defendida pelo governo petista.

Da Redação do EA

(VIA: VN)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar