Saúde

SERGIPE: MARIDO DENUNCIA QUE ESPOSA FALECEU POR FALTA DE ASSISTÊNCIA MÉDICA EM LARANJEIRAS

25/04/2021

Nesta sexta-feira, 23, faleceu a professora Maria Izabel Souza Silva, de 55 anos. Segundo relato do esposo, ela não recebeu assistência médica.

Tudo começou nas primeiras horas do dia. O esposo, José, conta que durante a madrugada ela começou a sentir fortes dores no peito, então, ele decidiu colocá-la no carro e ir até o Hospital São João de Deus, na cidade em que mora (Laranjeiras). Chegando na unidade, por voltas das 5h, não encontrou nenhum médico.

“O coração estava com batimento de 146. Liguei para Samu e disseram que precisava levar ela de carro. Quando cheguei, fui até o fundo do hospital, mas não encontrei ninguém. Fui informado por um vigilante que o médico tinha saído quatro horas e mandou eu ir até a base do Samu”, detalha.

No local, ele conta que buscou ajuda, chamou profissionais, porém não foi atendido. Mandaram, novamente, ele voltar para o hospital.

“Quando cheguei me disseram que ainda não tinha ninguém e que o Samu deveria levar minha esposa para Aracaju. Voltei para o Samu. Lá, eu percebi que ela parou de gemer, chamei por ela, fiz os primeiros procedimentos, pedi ajuda”, conta.

José explica que sua companheira estava viva, mas a falta de assistência médica, foi o motivo de não ter sobrevivido e acabou falecendo dentro do carro. O laudo aponta morte indeterminada.

A Secretaria de Saúde informou que o hospital é administrado pela Associação Hospitalar de Sergipe, que vai notificar a associação para que apresente as razões para a falta de médicos na unidade e vai apurar as circunstâncias da morte da mulher. Buscamos a Associação Hospitalar de Sergipe, mas não tivemos retorno.

Da Redação do EA

(VIA: A8)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar