Politica

BAHIA AINDA NÃO RECUPEROU R$ 49 MILHÕES COM COMPRA DE RESPIRADORES

14/05/2020

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou “não é tão fácil” reaver o dinheiro.

O governo da Bahia ainda não recuperou os R$ 49 milhões perdidos com a compra de respiradores. Uma empresa da Califórnia nos Estados Unidos negociou 600 ventiladores pulmonares, mas não entregou os produtos. A aquisição dos equipamentos foi feita para atender as demandas de estados do Nordeste por causa da pandemia do coronavírus, e a Bahia representou a região no acordo.

Ontem, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou “não é tão fácil” reaver o dinheiro. “Está caminhando. A parte toda burocrática da devolução está sendo tratada pela PGE (Procuradoria Geral do Estado). Precisa entender que foram feitos pagamentos para a empresa americana, que pagou para a distribuidora em Xangai, que pagou para a fábrica. Para conseguir tirar de volta, cada uma dessas etapas para trás, precisa de documentações formais.

Não é tão fácil quanto fazer o pagamento do Estado para lá. A volta é sempre um pouco mais difícil. Mas as coisas estão caminhando, as negociações estão andando. A empresa americana disponibilizou um escritório de advocacia em São Paulo para poder facilitar toda a papelada. Até o momento, estamos tranquilos com esse processo de devolução, que tem sido acompanhado diuturnamente por nós da secretaria e pela Procuradoria Geral do Estado”, declarou.

Na semana passada, o governador Rui Costa (PT) disse que o dinheiro seria recuperado na última sexta-feira. O petista ainda rebateu o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Andrew Tang, que chegou a dizer que o governo baiano não iria recuperar o dinheiro porque a empresa americana não existe.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar