Subdestaque

MAESTRO LETIERES LEITE, MORRE APÓS QUADRO DE ASMA EM DECORRÊNCIA DA COVID

28/10/2021

O maestro e compositor baiano Letieres Leite, 61 anos, morreu nesta quarta-feira, 27, em decorrência da Covid-19. O arranjador, compositor e idealizador da Orquestra Rumpilezz sofria de asma crônica, quadro que foi afetado após a contaminação pelo coronavírus.

Em entrevista ao Portal A TARDE, um amigo de Letieres, que tocou com ele na Rumpilezz, afirmou que, na noite desta terça-feira, 26, o maestro sentiu falta de ar e chegou a ir a um hospital, para receber nebulização. Ao voltar para casa, tomou outro medicamento. Segundo o amigo, a causa da morte foi uma parada cardíaca.

Ao longo da carreira, que teve passagem pelo sul do país onde tocou na Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), e na Áustria, onde ingressou no Franz Schubert Konservatorium, em Viena, Letieres Leite lecionou no curso de extensão em saxofone na Universidade Federal da Bahia e gravou com grandes nomes da música brasileira como Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Elza Soares, Timbalada, Gerônimo, Hermeto Pascoal e outros.

Após voltar de Viena em 1985, o maestro recomeçou suas pesquisas sobre o universo percusivo baiano e em 2005 fundou o projeto Rumpilezz, nascido no Teatro Gamboa. Em 2006 surgiu a Orkestra Rumpilezz, conjunto de percussão e sopros que de acordo com o artista, acrescenta à música ancestral baiana uma roupagem harmônica moderna.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar