Subdestaque

TAÍS ARAÚJO REVELA BRIGA COM AUTORES AO NEGAR FAZER CENA DE SEXO EM XICA DA SILVA

17/11/2021

A atriz Taís Araújo, 42 anos, fez uma revelação chocante sobre a gravação da novela “Xica da Silva”, que protagonizou na TV Manchete em 1997. Segundo Taís, ao se negar a fazer uma cena de sexo anal na trama, ela foi criticada pelo autor do folhetim, Walcyr Carrasco, e pelo diretor Walter Avancini.

A revelação aconteceu durante o programa “Roda Viva” (TV Cultura), exibido na segunda-feira, 15, do qual Taís participou para entrevistar a convidada da noite, a também atriz Zezé Motta, 77.

“A nossa vida se cruza em alguns momentos, e eu vou começar pela nossa amada Xica da Silva”, começou Thaís, citando o fato de que Zezé também viveu a personagem histórica, mas no cinema, no filme do diretor Cacá Diegues de 1977.

“Xica foi retratada muitas vezes pelo lado erótico. Quando eu fui fazer [a personagem], no momento em que me neguei a fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizendo que eu estava transformando a Xica da Silva numa Maria Chiquinha”, contou, antes de pedir a visão de Zezé sobre quem foi Xica da Silva.

A entrevista a que Taís Araújo se refere foi publicada na Folha de São Paulo no dia 26 de maio de 1997. Na época, o diretor Walter Avancini criticou a postura da atriz ao se negar a gravar a cena de sexo com o contratador João Fernandes (Victor Wagner).

“Ela fez exatamente o que eu não queria. Se negou a fazer uma Xica da Silva sensual porque queria se mostrar para a Globo. Preferiu ser uma ‘Maria Chiquinha’ a ser uma Xica da Silva, feminista e revolucionária. Ela tem talento, mas na Globo vai ser coadjuvante”, disse ele.

Taís Araújo tinha apenas 17 anos no início das filmagens de “Xica da Silva”. No dia seguinte ao completar 18 anos e se tornar maior de idade, ela passou a estrelar cenas de sexo e nudez no folhetim.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar