Subdestaque

MÉDICO QUE FEZ HIDROLIPO EM MULHER QUE MORREU JÁ TEM DUAS PASSAGENS PELA POLÍCIA

21/12/2021

O médico colombiano foi intimado para prestar depoimento e as documentações e diplomas que confirmem sua área de atuação como cirurgião plástico.

O médico Brad Alberto Castrillón Sanmiguel, que fez a hidrolipo na diarista Maria Jandimar Rodrigues, de 39 anos, que morreu após o procedimento, tem duas passagens pela polícia – uma delas por ameaça. A informação é do delegado Renato Carvalho, da 27ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso.

Nesta segunda-feira (20), a Polícia Civil fez uma perícia na clínica onde o médico atendia na Zona Norte do Rio de Janeiro. O médico colombiano foi intimado para prestar depoimento e as documentações e diplomas que confirmem sua área de atuação como cirurgião plástico.

Sobre a morte da diarista, o advogado Hugo Novais, que representa o médico, declarou que seu cliente está colaborando com a investigação, que aguarda o resultado do exame de necropsia para se manifestar.

De acordo com o laudo preliminar do IML, o legista não conseguiu identificar a causa da morte da diarista, e vai pedir um exame complementar para saber o que aconteceu com a vítima. O caso deve ser concluído em sete dias.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar