Subdestaque

PREFEITO DO RIO SUGERE PROIBIR VENDA DE CERVEJA PARA NÃO VACINADOS

13/01/2022

O prefeito compartilhou uma notícia de que uma província no Canadá havia adotado a medida, o que provocou o aumento pela procura da vacina

Após a província Québec, no Canadá, proibir a venda de bebidas alcoólicas e maconha, que é legalizada no país, para os não vacinados contra a Covid-19, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sugeriu, em uma postagem no Twitter, aplicar a mesma medida para a comercialização de cerveja na capital fluminense.

Na cidade do Rio, 38% dos internados por covid no SUS não tomaram vacina. Em cinco dias, o número de internados na rede pública municipal por covid-19 por causa da ômicron aumentou em quatro vezes. Na sexta-feira (07) eram 47 pacientes internados, incluindo leito clínico e UTI. Já nesta terça, a capital tinha 180 pessoas internadas, com 70 delas em leitos de UTI.

Em uma semana, após o anúncio de restrições na venda de álcool e maconha, o número de cidadãos inscritos para primeira dose da vacina contra a Covid-19 aumentou mais de 400% em, segundo o Ministro da Saúde da província canadense, Christian Dubé.

Ainda segundo o ministro, na última sexta o número de agendamentos diários disparou de 1,5 mil para mais de 6 mil. E mesmo sabendo que esse crescimento foi devido à proibição, ele agradeceu publicamente aos que decidiram correr atrás da imunização

Da Redação do EA

(VIA: AGÊNCIA BRASIL)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar