Destaque

MARCOLA TEM NOVA CONDENAÇÃO POR MANDAR MATAR PROMOTOR DE SP

09/03/2022

A Justiça de São Paulo impôs uma nova condenação a Marcos Willians Herbas Camacho, o ‘Marcola”, apontado como uma das principais lideranças da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Junto a outras quatro pessoas, ele é acusado de ter arquitetado o assassinato de autoridades do estado depois de ter um plano de resgate frustrado da prisão onde estava, em Presidente Venceslau, interior de São Paulo, no ano de 2018.

Os cinco denunciados foram condenados pela prática do crime de integrar organização criminosa. Com a pena, Marcola soma 342 anos de prisão por crimes como homicídio, tráfico de drogas, formação de quadrilha e roubo.

O plano foi revelado e as lideranças do PCC foram transferidas para o sistema penitenciário federal. A facção criminosa reagiu e determinou a execução do promotor de Justiça Lincoln Gakiya e do coordenador da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), Roberto Medina.

O plano de execução foi interceptado após revista de duas mulheres que foram visitar as lideranças do PCC em prisões para transmitir as ordens. Elas foram abordadas pela Polícia Militar, que encontrou os bilhetes com as instruções para o atentado.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar