Destaque

O CRIME AGRADECE AS CÂMERAS NOS POLICIAIS

12/04/2022

Está na moda agora no Brasil a instalação de câmeras em policiais. Políticos bandidólatras e “especialistas” em Segurança Pública, com larga experiência apenas em gabinetes com carpete e teorias intelectuais, incentivam e comemoram esta medida.

As justificativas são várias, mas vou citar apenas as duas mais lembradas. A primeira delas é diminuir a “letalidade policial”, como se a Polícia saísse pelas ruas procurando inocentes a caminho do trabalho para matar e saciar seus desejos psicopatas. A outra, é combater o “racismo institucional”, como se na academia policial tivesse a disciplina de como discriminar negros, índios, pardos ou brancos. E obviamente todo policial aprovasse com nota máxima e louvor.

O que a sociedade não sabe e não vê, é que estas medidas têm apenas um público beneficiado: os criminosos.

E tomamos como exemplo alguns Estados que já implementaram esta medida, como por exemplo São Paulo. Um desses pseudos especialistas vai te contar que diminuiu o número de mortos pelas ações policiais. E é verdade. Mas, sabe o porquê? Porque a Polícia não está combatendo-os.

É como se algemassem todos os policiais dentro do seu batalhão e não os deixasse irem às ruas caçar bandidos, uma de suas tantas funções, em que pese eventuais críticas dos politicamente corretos. Obviamente os números de mortos e presos nas ações policiais reduziria a zero, mas isso não significa que a sociedade ganhou paz. Bem pelo contrário. Os crimes continuam existindo e aumentando, porem como não há registro de combates e prisões, os dados te passam a falsa sensação de que estamos mais seguros, quando apenas a criminalidade está mais à vontade e o cidadão de bem oprimido.

O crime doloso contra a vida atingiu patamares que não atingia há seis anos. Mas como são criminosos matando trabalhadores, comerciantes ou até mesmo desafetos, aí está tudo certo! A turminha dos “polícia só mata preto e pobre” só se preocupa em custear seus advogados. eu acho.

O Governo precisa confiar em seus policiais, e principalmente dar respaldo para eles protegerem a sociedade. Dizer que a Polícia é violenta, racista ou criminosa é o pior dos preconceitos que se pode ter contra quem é nosso escudo diário, especialmente quando vem daqueles que deveriam resguardá-los.

Especialista é quem vive, conhece e entende a realidade da sociedade e da Polícia. De resto, é como matar a fome lendo apenas o cardápio.

Da Redação do EA

(VIA: JC On line)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar