Acontece

POLÍCIA DESCOBRE AUTORES DE ATAQUE A JORNALISTA

16/04/2022

A Polícia Civil afirmou que o ataque ao jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo, foi tentativa de latrocínio. De acordo com o delegado Douglas Fernandes, que cuida do caso, os suspeitos afirmaram que não conheciam a vítima e que haviam levado R$ 250 da carteira do profissional de imprensa. A polícia afirma que “nada leva a crer em outra hipótese”, mas que não descarta a participação de outras pessoas. Um suspeito de 19 anos foi preso e um adolescente de 17, apreendido. Eles confessaram o crime, segundo a polícia.

As suspeitas de latrocínio se fortaleceram depois que o menor foi até o Hospital de Base do Distrito Federal, o mesmo hospital em que Gabriel estava internado, alegando ter sido ferido em uma tentativa de assalto a ele. O menor foi levado pela mãe de um amigo, que também o conduziu a uma delegacia para registrar o suposto crime.

Em depoimento aos policiais, ele se contradisse e acabou confessando que tinha sido atingido pelo próprio companheiro durante o ataque a Gabriel. O delegado afirmou que os suspeitos disseram que só tiveram conhecimento de quem era o jornalista e da repercussão do crime nesta sexta (15).

O suspeito de 19 anos disse, em depoimento, que usou drogas com o menor e que eles combinaram de cometer crimes.

O jornalista foi atacado próximo do prédio onde mora, no Sudoeste. Imagens de câmeras de segurança mostram que ele estava andando em uma área de estacionamento quando dois homens começaram a segui-lo. Em seguida, um deles parte para cima de Gabriel e o segura, enquanto desfere golpes de faca.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar