Acontece

JORNALISTA DEFENDE BANDIDOS E LEVA COLEGAS AO DESESPERO

29/05/2022

A jornalista Amanda Klein segue em sua rotina de passar vergonha, ao vivo, nos debates sobre os mais diversos temas nos programas dos quais participa na TV.

Nesta sexta-feira (27), ainda repercutindo a ação policial no complexo de favelas da Penha no Rio de Janeiro, em que pelo menos duas dezenas de criminosos tiveram seus ‘CPFs cancelados’, Klein voltou a inverter os valores defendidos pela sociedade, durante participação no programa Opinião no Ar, apresentado por Luis Ernesto Lacombe.   

“O policial, o homem de farda é a lei, é o Estado, é o correto nessa história… ele não pode morrer, o bandido não pode ganhar, nunca”, disse o jornalista Sílvio Navarro, pacientemente.

Mas discordando e cortando o colega, Amanda soltou uma de suas pérolas:

“A gente não pode viver em um mundo maniqueísta, de mocinho e bandido, em que o mocinho é sempre o bom e o bandido é sempre o mau, porque o mocinho pode fazer coisas erradas também”.

A afirmação deixou Navarro indignado e teve uma reação imediata de Lacombe, que a fez repetir a frase, para ter certeza de que tinha escutado direito.

Amanda revela toda a ‘bandidolatria’ dos esquerdopatas, que querem tomar o poder a qualquer custo. A ordem é voltar à cena do crime!

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar