Destaque

RACISMO EXPLODE NA GLOBO E EMISSORA DEVE SOFRER IMPACTO

15/07/2022

O Ministério Público do Trabalho no Rio (MPT) está investigando uma suposta prática de racismo contra atrizes e atores da novela NOS TEMPOS DO IMPERADOR, da TV Globo. A autora da denúncia foi a atriz Roberta Rodrigues ela foi ouvida nesta terça-feira 12 de julho.

O comando do núcleo de dramaturgia da Globo deve ser diretamente impactado por essa investigação. O MP já intimou oito profissionais entre diretores e outros integrantes da produção da novela para acolher seus respectivos depoimentos.

Os atores brancos receberam mais pelos mesmos trabalhos desempenhados pelos seus colegas negros. Uma atriz com décadas de carreira afirma ter sido remunerada com valores inferiores aos recebidos por atrizes brancas que eram iniciantes e tiveram poucas participações na novela, não dá para ser mais racista que isso.

Pressionada pela imprensa a Globo diz em nota que desconhece a investigação e que não tolera preconceito racial:

“a fim de manter seu ambiente corporativo livro de discriminação a empresa conta com Sistema de Compliance atuante com treinamento e conscientização frequência e seus colaboradores e um código de ética que proíbe a discriminação e pune severamente as violações apuradas”.

Engraçado é que enquanto não foi noticiado na imprensa o tal Sistema de Compliance da Globo não havia feito nada, só depois das denúncias na imprensa eles demitiram o tal Vinícius Coimbra de acordo com as várias atrizes que fizeram a denúncia, todo o elenco negro da novela teria sido submetido a atos de racismo durante a produção.

Da Redação do EA

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar