Subdestaque

PREFEITOS SERGIPANOS DESTACAM POTENCIAL DA ATIVIDADE FLORESTAL

23/07/2022

Autoridades participaram do 1º Workshop Agroambiental da região Sul e Centro-Sul de Sergipe, realizada em Arauá

O grande potencial econômico dos plantios de eucalipto, com benefícios socioambientais agregados, pode contribuir para diversificar as fontes de renda das propriedades rurais no sul de Sergipe. Prefeitos da região, como Fábio Costa, de Arauá, e Adinaldo Nascimento, de Indiaroba, entendem que – se realizada de modo planejado, sustentável e em harmonia com outras atividades produtivas – a atividade florestal pode encontrar espaço e vocação na região.

Presentes ao 1º Workshop Agroambiental da região Sul e Centro-Sul de Sergipe, realizado nesta quinta-feira, 21, em Arauá, os prefeitos visitaram o stand onde a Bracell, líder global na produção de celulose solúvel, apresentou o Programa de Parceria Florestal (PPF). A parceria viabiliza a participação de produtores rurais no processo produtivo do eucalipto para abastecer a fábrica da empresa no Polo Industrial de Camaçari, na Bahia.

O evento, realizado pela Conexão Curso e Eventos Ambientais, no Centro de Qualificação de Professores, contou com a participação, principalmente, de autoridades políticas, produtores rurais, representantes do setor industrial, instituições financeiras e pesquisadores.

Para Fábio Costa, “o agronegócio é um grande filão da economia, principalmente para um município pequeno. E a presença de uma grande empresa, como a Bracell, que aposta no reflorestamento, é um incentivo. Vejo também que o cultivo de eucalipto é interessante, porque observo na Bahia que o cultivo de eucalipto ajuda na geração de emprego e renda e contribuindo para a preservação do meio ambiente”.

Adinaldo Nascimento, por sua vez, observa que a diversificação é um instrumento que pode ajudar a melhorar a renda, e as florestas estão dentro deste ambiente. “A gente sabe que as frutas têm um papel importante aqui na região, porque a atividade agrícola é a nossa principal fonte econômica. E a gente tem convicção de que as florestas, fazendo parte de um projeto de planejamento de mercado, seguindo todo um processo de segurança jurídica – porque sabemos que existem empresas comprometidas neste sentido –, tem tudo para dar certo, porque o grande desafio também é o mercado. Então, você consegue ter uma atividade que fecha esse ciclo, tem tudo para dar certo e contribuir efetivamente para o desenvolvimento da região”.

Parceria florestal

Já com as primeiras parcerias firmadas com proprietários rurais do sul de Sergipe, o Programa de Parceria Florestal oferece aos produtores oportunidades de retorno financeiro bastante interessantes. “Além disso, a Bracell conduz todas as operações, desde a definição da área, preparação do solo, plantio das mudas, manutenção das plantações, colheita e transporte da madeira”, destaca Gevaldo Magalhães, coordenador de Tratamento e Venda de Madeira de Energia da Bracell.

Ele acrescenta que os parceiros contam ainda com suporte da empresa na vigilância das áreas e na prevenção e combate a incêndios. “Este leque de serviços é muito importante, porque o produtor parceiro não precisa ter conhecimentos prévios sobre o cultivo de eucaliptos, uma vez que toda a atividade é realizada pelos profissionais da Bracell”, afirma.

Para mais informações, acesse o site: https://cultiveeucalipto.com.br/.

Veja depoimento de produtor que investe na floresta plantada: https://youtu.be/K32SFF8SZPg.

Da Redação do EA

(VIA: ATcom)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar