Subdestaque

BRACELL LANÇA EXPOSIÇÃO ‘FLORESTA SEMPRE VIVA’ EM SALVADOR

04/08/2022

Mostra originada de livro do mesmo nome proporciona experiências sensoriais e virtuais com a biodiversidade da Mata Atlântica

A Bracell lançou nesta quarta-feira, 3, na Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), a exposição “Floresta Sempre Viva”. O projeto proporciona experiências sensoriais a partir de materiais, fotos, vídeos e sons da fauna, flora e cursos d´água captados nas áreas de preservação ambiental da Bracell na Bahia. O evento aconteceu em formato de happy hour para convidados, dentro do Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, e contou com uma versão reduzida da exposição e apresentação do site www.florestasempreviva.com.br.

A mostra completa será aberta ao público a partir de 21 de setembro, em celebração ao Dia da Árvore, no Salvador Shopping, localizado na avenida Tancredo Neves, 3133 (Caminho das Árvores). Ela coroa o lançamento do livro “Floresta Sempre Viva”, realizado em junho de 2021, e chega exatamente quando a Bracell anuncia uma iniciativa inédita no Brasil: o Compromisso Um para Um (leia mais abaixo).

“O ‘Floresta Sempre Viva’ é um dos muitos projetos socioambientais que pavimentam nossa estrada, em uma jornada que vai muito além de produzir celulose. Estamos comprometidos em gerar soluções e produtos que promovam a qualidade de vida de milhões de pessoas em todo o mundo a partir de recursos naturais renováveis e de processos produtivos sustentáveis”, afirmou Márcio Nappo, vice-presidente de Sustentabilidade e Comunicação da Bracell.

Ele acrescentou ainda que, com este projeto, “esperamos materializar em imagens o compromisso da Bracell com a natureza, presente em toda as nossas operações florestais, industriais e de logística. Também buscamos criar novos vínculos com a sociedade e fortalecer aqueles que já construímos”.

Os materiais da exposição, como fotos e vídeos, foram produzidos por Igor Macedo, Gleison Rezende, Lucas Passos, Emer Paz e Uendel Galter, nas áreas de conservação ambiental localizadas no litoral norte e agreste baiano. Dentre elas está a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Lontra, a maior RPPN do litoral norte, com 1.377 hectares. A área ambiental está localizada entre os municípios de Entre Rios e Itanagra. Além da Lontra, a empresa possui outras três RPPNs: a Japurá, com 534 ha, e a Falcão, com 937 ha, ambas em Esplanada, e a Pedra de São José, com 232 ha, em Mata de São João.

Nas áreas conservadas pela Bracell no estado, a equipe de Meio Ambiente desenvolve o Programa de Monitoramento da Biodiversidade para Conservação da Fauna e Flora. Até o momento, este trabalho permitiu o registro de 378 espécies de plantas, 264 de aves, 75 de anfíbios, 57 de cobras e lagartos e 38 de mamíferos.

A empresa também conta com três Áreas de Soltura de Animais Silvestres (Asas) certificadas pelo Governo da Bahia, por meio do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema): o Projeto Cachoeira, em Entre Rios, o Projeto Sergipe, em Jandaíra, e a RPPN Lontra. Juntas, estas unidades já receberam mais de 450 animais, principalmente aves, mamíferos e serpentes.

As propriedades da empresa estão presentes em mais de seis bacias hidrográficas que contam com, aproximadamente, 300 rios e mais de 1.200 nascentes.

Compromisso Um para Um

A Bracell estabeleceu importante meta de preservação da biodiversidade nas suas regiões de atuação. É o Compromisso Um para Um, iniciativa inédita no setor de celulose brasileiro que contribuirá para a conservação das áreas de vegetação nativa em tamanho igual às de plantio da empresa; ou seja, para cada um hectare plantado de eucalipto, a companhia se compromete a conservar um hectare de nativa nos estados da Bahia, de Mato Grosso do Sul e São Paulo. Atualmente, a proporção entre áreas cultivadas da companhia e de conservação é de 0,56. A meta de um para um será alcançada até o final de 2025.

Na Bahia, a iniciativa conta com a parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema). Isso porque, além da conservação de áreas nativas existentes nas propriedades da Bracell, o compromisso vai apoiar a proteção de áreas públicas e a recuperação de espaços degradados. Também vai atuar na prevenção e combate a incêndios florestais, desmatamento e furto de madeira nativa, caça ilegal e captura de animais silvestres.

No estado, a ação envolve a cooperação mútua na proteção da biodiversidade nos Cânions do Subaé e na bacia do rio Subaúma, salvaguardando o patrimônio natural, protegendo espécies endêmicas, raras e ameaçadas da fauna e da flora, e os recursos hídricos garantidos pelas formações florestais.

Da Redação do Ea

(VIA: ATcom)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar